domingo, 18 de setembro de 2016

Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

Fonte da imagem: Cachoeira Véu de Noiva

Este parque nacional, no estado de Mato Grosso tem recursos naturais, como falésias, cânions, cachoeiras e cavernas. Se você caminhar através do cerrado, você verá uma variedade de flores coloridas e florestas com muitos tipos de árvores. O parque também é notável ou de seus sítios arqueológicos, incluindo algumas pinturas rupestres. Amantes dos animais selvagens são susceptíveis de detectar espécies como gatos selvagens como gato-palheiro, águias, tamanduás, veados e lobos guará. A melhor época para visitar o parque é durante a estação seca, que vai de maio a setembro. Durante a estação chuvosa, entre dezembro e abril, o parque é frequentemente fechado aos visitantes.
Vista do Mirante da Chapada dos Guimarães

Cristo Redentor, Rio de Janeiro


O Cristo Redentor é a famosa estátua de Jesus Cristo no Rio de Janeiro. Localizado no pico do morro do Corcovado a 700 metros de altitude, fornece um panorama abrangente do interior da baía de Guanabara para o norte, a Lagoa Rodrigo de Freitas para o sul. O Cristo Redentor fica 39,6 metros (130 pés) de altura, incluindo os seus 9,5 metros de pedestal e se tornou um ícone do Rio e do Brasil.


domingo, 15 de setembro de 2013

Butão, o país da felicidade

Conheça o Butão, considerado o país da felicidade

O país viveu isolado durante séculos. O terreno acidentado e o difícil acesso ajudaram o povo a preservar a harmonia e as tradições. Há 60 anos é que o Butão começou a ter contato com o resto do mundo.
Estamos no Butão, no topo do mundo, bem perto do céu, um pequeno reino distante, isolado, onde vive um povo que se considera feliz. É um dos pedaços mais belos deste planeta. O Butão fica na Ásia, encravado bem na Cordilheira do Himalaia, entre dois gigantes. Ao norte, está a China. E ao sul, a Índia.
Nossa viagem começa pela capital, Thimpu. Saímos bem cedo. Na região, existe uma única estrada, que corta todo o país. Ela é estreita e sinuosa, um caminho difícil. O motorista precisa ser muito experiente. Estamos a 3.150 metros de altitude. A primavera está começando, e a neve ainda não derreteu. À medida que o ônibus vai avançando, vamos descobrindo cenários lindos, paisagens maravilhosas.

A nossa primeira parada é em Dochu La, um dos cartões postais do Butão, um lugar para preces e para orações, que reúne 108 pequenos templos.
Nós começamos a atravessar as partes mais altas da estrada. Nesses lugares, os butaneses costumam construir conjuntos de stupas. São lugares sagrados, onde eles costumam ir para reverenciar Buda e fazer pedidos. Os pedidos são feitos em de uma forma bem curiosa: os butaneses penduram nas árvores pequenas bandeiras com versos sagrados. Eles acreditam que, quando o vento sopra, a paz, a compaixão e a sabedoria se espalham por toda a região.

Nosso caminho é longo e temos muita coisa para conhecer. Durante a viagem, nós cruzamos com um grupo de senhoras que está indo até um templo fazer umas oferendas para Buda. De repente, elas começam a dançar no meio da estrada.

Por isso, o Butão é considerado o país da felicidade. Nós podemos ter uma imagem mais forte de felicidade do que o grupo de senhoras dançando no meio da estrada? A mais nova delas tem 70 anos. A mais velha tem 81.

Os rostos estão marcados pelo trabalho duro, mas que não perderam o sorriso. Todas levam nas mãos, uma espécie de colar. Elas usam para contar os mantras, que repetem praticamente durante todo o dia.

O Butão é um lugar de gente simples. A maioria vive no campo e trabalha na terra. É um país que viveu isolado durante séculos. O terreno acidentado, o acesso difícil ajudou este povo a preservar a harmonia e suas tradições.

No início de sua história, o país budista era governado por um Lama, o chefe da religião. No comecinho do século 20, religião e governo foram separados. O Butão passou a ser um reino e coroou o seu primeiro rei.

A coroação ocorreu em antigo palácio, que hoje funciona como um monastério e que fica em Buntang no centro do país. Nele, começou a monarquia no Butão. O primeiro rei e os sucessores dele conseguiram construir esse país dentro de um isolamento absoluto. Só há, mais ou menos, 60 anos é que o Butão começou a ter contato com o resto do mundo.

Em 1974, um rei muito jovem, com 18 anos, assumiu o trono. Ele era um idealista, um sonhador e não queria repetir no Butão os erros que havia observado em outros países, como a falta de harmonia familiar, o excesso de consumo, a falta de cuidado com a natureza.

Até na política o Butão busca harmonia. E é o líder da oposição, Tshering Tobgay, indicado pelo governo, que nos dá entrevista. “A diferença do Butão é que as ideias convencionais de desenvolvimento não devem ser aplicadas aqui. Nós queremos criar um ambiente para o florescimento da felicidade. Isso foi articulado pelo quarto rei do Butão. Ele anunciou que a Felicidade Interna Bruta era muito mais importante que o Produto Interno Bruto”, conta.
Ninho do Tigre, Monumento Sagrado, Butão


quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Melbourne, na Austrália, é a melhor cidade para se viver, diz consultoria.

Melbourne é considerada a melhor cidade para se viver
Pelo terceiro ano capital do Estado australiano de Victoria superou Viena e as canadenses Vancouver, Toronto e Calgary

Londres - Pelo terceiro ano consecutivo, a cidade australiana Melbourne foi considerada a melhor do mundo para se viver, conforme pesquisa da consultoria Economist Intelligence Unit (EIU) abrangendo 140 cidades e divulgada neste mês. Damasco, capital da conflagrada Síria, é a pior.

Melbourne, capital do Estado australiano de Victoria, superou Viena e as canadenses Vancouver, Toronto e Calgary. Outras três cidades australianas --Adelaide, Perth e Sydney-- também apareceram entre as 10 principais, junto à finlandesa Helsinque e à neozelandesa Auckland.

Cinco categorias foram levadas em conta na lista: estabilidade, atendimento médico, cultura e ambiente, educação e infraestrutura.

No outro extremo do ranking estão três capitais de países árabes assolados por turbulências nos últimos anos: Damasco (Síria), Cairo (Egito) e Trípoli (Líbia). Mas o ranking exclui lugares como Cabul, no Afeganistão, e Bagdá, no Iraque, que há anos sofrem problemas de conflito e insegurança.

Outras cidades entre as dez piores da lista são: Daca (Bangladesh), Lagos (Nigéria), Port Moresby (Papua-Nova Guiné) e Harare (Zimbábue).

O turismo é um dos principais contribuintes para a economia de Melbourne, e ao reconhecimento internacional de Melbourne como um ótimo lugar para visitar, viver, trabalhar, investir, estudar e eventos de palco e nacional.

Turismo apoia a economia local, dá emprego, contribui para a vitalidade cultural da cidade e tem um impacto positivo sobre os residentes e empresas.

No ano que terminou em Junho de 2012, os visitantes internacionais e domésticos passaram um total estimado de US $ 10 bilhões em área de Melbourne metropolitana. A cidade de Melbourne investe em infra-estrutura visitante e serviços de turismo para fazer Melbourne acessível e fácil de navegar, e para fornecer serviços de informação, sinalização e visitante para atender às necessidades dos turistas.

Além da prestação de serviços de visitante, o ramo de turismo Melbourne é responsável pelo desenvolvimento da cidade de política de turismo de Melbourne e estratégia. O ramo trabalha com a indústria e comércio para desenvolver Melbourne como um destino eleito para eventos de negócios, estudantes internacionais e viagens de lazer.

O setor é composto por empresas de pelo menos 16 setores industriais tradicionais, como atrações, turismo, varejo e restaurantes. Ele é caracterizado por muitas pequenas e médias empresas, que muitas vezes não se vêem como parte da indústria do turismo.

A cidade de Melbourne oferece uma gama de serviços de informação ao visitante para garantir aos turistas toda experiência que Melbourne tem para oferecer.

sábado, 24 de agosto de 2013

As 20 novas cidades mais populares para os turistas

As 20 novas cidades mais populares para os turistas


Pela primeira vez em três anos , uma cidade asiática deverá receber mais turistas do que qualquer outra cidade no mundo.
Bangkok, Tailândia será o destino número um para os turistas em 2013 , de acordo com novo destino Cities Index Global da MasterCard.

Ele venceu os principais destinos como Londres, Paris, Nova York, Dubai e com um antecipados 15.980.000 chegadas internacionais em 2013.

Os relatórios anuais previsões de chegadas estimadas de visitantes estrangeiros, bem como o quanto eles devem gastar no total. Os números são baseados em dados de conselhos de turismo, o número de vôos dentro e fora do país, bem como o montante das reservas de acomodações pagas na cidade.
O Grande Palácio Real é um conjunto de edifícios em Bangkok, Tailândia, que serve como residência oficial do rei de Tailândia desde o século XVIII até ao século XX. Wikipédia

Continue lendo para ver o que outros destinos será popular entre os turistas.


º 20 LOS ANGELES: 4.84 milhões de pessoas são esperadas para visitar LA este ano, trazendo US $ 7,8 bilhões em gastos dos visitantes.

º 19 Riade: Pouco mais de 5 milhões de turistas são esperados para inundar as ruas de Riade em 2013, gastando US $ 3,4 bilhões.

º 18 TAIPEI: Estima-se que 5.190.000 turistas vão visitar Taipei e gastar US $ 8,1 bilhões em 2013.

º 17 VIENA: $ 4.8 bilhões de dólares serão gastos pelos 5,37 milhões de turistas que são esperados para visitar Viena.


º 16 TÓQUIO: Os 5,8 milhões de pessoas que visitam a capital do Japão são esperados para gastar tanto quanto 12.700 milhões dólares americanos.

Holandês nascido Stephan Hengst (R) beija seu marido, o norte-americano nascido Patrick Decker, depois de ter sido casado por prefeito de Amsterdã, Job Cohen em um barco oficial do casamento durante a Parada do Orgulho Gay no Canal de Amsterdam em 01 de agosto de 2009.

º 15 AMSTERDAM: 2013 é esperar para ver 6.350.000 turistas gastam US $ 6,3 bilhões em Amsterdam.


º 14 SHANGHAI: uma gritante 6,5 milhões de pessoas venham a Xangai deste ano, e passar 6900000000 dólares durante sua estadia.


º 13 ROMA: Mais de 6,7 milhões de turistas são esperados em Roma este ano para gastar cerca de US $ 6,4 bilhões.


º 12 MILAN: Esta cidade italiana podia ver tantos como 6.830.000 turistas em 2013 que poderia gastar $ 6,6 bilhões no total.


º 11 SEUL: o capital da Coréia do Sul estima-se atrair cerca de 8,2 milhões de turistas em 2013 que vão gastar 10,8 bilhões dólares.


# 10 BARCELONA: 8.410.000 visitantes de Barcelona são esperados para gastar tanto quanto 8,9 bilhões dólares combinados.


º 9 HONG KONG: $ 6300000000 está previsto para ser gasto por 8.720.000 turistas de Hong Kong este ano.


º 8 Kuala Lumpur: Esta cidade da Malásia vai ver 9,2 milhões de turistas e US $ 7,8 bilhões em receita visitante.


º 7 DUBAI: Quase 9,9 milhões de turistas são estimados em rebanho para Dubai em 2013, e poderia gastar até US $ 10,4 bilhões.


º 6 ISTAMBUL: capital da Turquia podia ver 10,37 milhões de turistas que gastarão US $ 8,6 bilhões em 2013.


º 5 NEW YORK: As 11.520.000 turistas que vão visitar NYC este ano vai gastar mais aqui do que em qualquer outro destino - $ 18,6 bilhões.


º 4 SINGAPURA: $ 13,5 bilhões em receita será feita a partir das 11,75 milhões de turistas que visitam Cingapura.


º 3 PARIS: 13.920.000 pessoas vão visitar a cidade das luzes, gastando tanto quanto 14.600 milhões dólares americanos em 2013.


º 2 LONDRES: 15960000 turistas são esperados em Londres este ano, e pode gastar tanto quanto 16,3 bilhões dólar.


º 1 BANGKOK: O número um destino turístico deste ano, 15.980 mil pessoas vão visitar Bangkok, gastando mais de 14,3 bilhões dólares americanos.



sábado, 11 de maio de 2013

Cachoeira do Tabuleiro, em Conceição do Mato Dentro, MG

Cachoeira do Tabuleiro em Tabuleiro distrito de Conceição do Mato Dentro MG. A Terceira maior cachoeirado Brasil com quase 300 metros de queda.

Estrada para Tabuleiro. Distância do centro de Conceição do Mato Dentro, 20 km (18 km de terra) Terceira maior queda do Brasil (273 m), conta com uma gigantesca muralha rochosa ao fundo. O curso d'água despenca numa longa e estreita linha, tão alta que chega ao poço quase como um spray. A caminhada para a base, de 1h30 (3,6 km) desde a portaria, atravessa campos com orquídeas e sempre-vivas. O trecho final, mais difícil, é feito no leito do rio, sobre as pedras. Como recompensa você ganha, além do visual, uma refrescante piscina natural. Para conhecer a queda por cima, há três caminhos. O mais usado, por trás da serra que forma o paredão, dura 3h30. Outra trilha, de apenas 20 minutos a partir da sede, não chega perto da queda, mas proporciona a melhor panorâmica para fotos. A entrada é R$ 5. Os guias cobram de R$ 40 (acesso por baixo) a R$ 50 (por cima).

Vídeo:

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Pedra Azul, Domingos Martins - ES



Localizado no município de Domingos Martins, no estado do Espírito Santo, o Parque Estadual da Pedra Azul foi criado na década de 1990 com o intuito de proteger o seu rico conjunto de belezas naturais. O destaque vai para a Pedra Azul, que pode ser vista da BR-262, e da Pedra do Lagarto, formação de granito e gnaisse que fica a 1882 metros de altura. Pedra Azul é um lugar para ser apreciado sem pressas. A natureza foi generosa com a região, de clima ameno e paisagens exuberantes. A montanha, que é o principal cartão postal de Domingos Martins, muda de cor de acordo com a posição do sol. Como se não bastassem as formações rochosas exóticas, a localidade ainda conta com uma variada quantidade de espécies vegetais e animais que enchem os olhos dos visitantes mais observadores. Na fauna local, destacam-se espécies como o macaco-prego, o tatu, o tamanduá-de-colete, a jaguatirica, o tucano, a araponga, o veado-catingueiro, o mão-pelada, o trinca-ferro e o sabiá; além de animais ameaçados de extinção como o sagui-da-serra, a onça-pintada e o barbado. A flora predominante na área do parque inclui a vegetação rupestre – que se desenvolve sobre as pedras –, e a Floresta Ombrófila Antimontana – matas influenciadas pelo alto regime das chuvas, localizadas acima dos 1500 metros de altitude. Destacam-se as orquídeas, as bromélias, os ingás, os cedros, as cássias, os ipês, as canjeranas, e vários tipos de canela. O parque possui três trilhos abertos ao público: Trilho do Lagarto, Trilho das Piscinas e Trilho da Pedra Azul. O acesso é controlado pelo IDAF - Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do estado do Espírito Santo. As visitas são feitas em grupos de pessoas, acompanhadas por guias e guardas florestais do próprio Parque. Conhecida como a cidade do verde, Domingos Martins é o município mais badalado da serra capixaba. A combinação das belezas do parque, da hospitalidade do povo e da arquitetura colonial confere um encanto especial à região, colonizada por imigrantes alemães e italianos.


Informação básica Clima. O clima da região é o tropical de altitude. A temperatura média anual gira em torno dos 18º C, com máximas de 28º C e mínimas de 8º C.
Eventos
Sommerfest 
É a Festa da Imigração Alemã, que acontece anualmente, sempre em Fevereiro, atraindo grande número de visitantes.
Dados da cidade Parque Estadual da Pedra Azul, Município de Domingos Martins
Estado: Espírito Santo
Região: Sudeste
População: 30 570 habitantes
DDD: (27)

Distâncias
Domingos Martins: 40 km
Vitória: 50 km
Guarapari: 68 km
Cachoeiro do Itapemirim: 136 km
Linhares: 188 km
Belo Horizonte: 454 km
Rio de Janeiro: 567 km
São Paulo: 1032 km
Salvador: 1202 km
Brasília: 1248 km

Hospedagem / Restaurantes
Ponto de apoio aos visitantes do parque, Domingos Martins possui grande variedade de acolhedores e encantadores locais para hospedagem e alimentação. Para saber mais informações

Como chegar
Via Aérea: o Aeroporto de Vitória – capital do estado, e distante apenas 50 km – recebe voos diários da maioria das capitais do país.

Via Rodoviária: Domingos Martins fica a apenas 50 km de Vitória, seguindo pela BR-262 no sentido Vitória - Belo Horizonte. A outra via de acesso à cidade é a BR-101. Serviços Centro de informações do Parque: +55 (27) 3248-1156
Câmara Municipal de Domingos Martins: +55 (27) 3268-1344
Terminal Rodoviário de Domingos Martins: +55 (27) 3268-1243
Aeroporto de Vitória: +55 (27) 3083.6300 / 3235.6300
Hospital: +55 (27) 3268-1499
Agências Bancárias: Domingos Martins possui agência do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal

Atrações
Trilhos
Do Lagarto
É uma caminhada de 480 metros; dali é possível contemplar o Caparaó e o Parque Estadual Forno Grande.

Das Piscinas
Tem 1200 metros. De lá se observam nove piscinas naturais escavadas pela ação das águas.

Da Pedra Azul
Percorre 945 metros, permitindo ao visitante contacto direto durante o caminho com um paredão rochoso de 500 metros de altura.

Escalada da Pedra das Flores
Aqui o visitante tem contacto com as águas de belas piscinas naturais. O acesso é controlado pelo IDAF - Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado, visando a máxima preservação local.